Exclusivo: Justiça bloqueia bens do deputado federal Átila Lira. Esse é o nível dos políticos que apoiam a nova gestão.

A decisão atinge valores encontrados em contas bancárias, veículos automotores e imóveis encontrados em nome do deputado.

A Justiça Federal determinou a indisponibilidade dos bens do deputado federal Átila Lira (PSB), ex-secretário estadual da Educação, a pedido do Ministério Público Federal em razão de supostas irregularidades no Convênio n° 657695/2009, celebrado entre a Secretaria da Educação do Estado e o Ministério da Educação no valor de R$ 19.680.921,04 (dezenove milhões, seiscentos e oitenta mil, novecentos e vinte e um reais e quatro centavos).

O deputado é acusado de improbidade administrativa ao autorizar pagamentos de serviços não executados no valor de R$ 70.845,88; promover impropriedades na Concorrência Nacional n°01/2011 na medida em que foram habilitadas empresas que não comprovaram a capacidade técnico operacional, desobedecer o convenio ao não realizar a contrapartida financeira devida pelo Estado no valor de R$190.840,36 e deixar de cobrar, por meio da Secretaria da Educação, os recolhimentos previdenciários da Construtora Maraci.

Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

Deputado Átila Lira

O juiz Adonias Ribeiro de Carvalho Neto, da 3ª Vara Federal, deferiu o pedido do MPF e em decisão de 06 de fevereiro de 2017 decretou a indisponibilidade dos bens do deputado Atila Lira (PSB) e também de João Alves de Moura Filho, ex-gerente da Unidade de Gestão de Rede Física e Fiscal, José Raimundo Costa Cardoso da Silva, ex-diretor da Unidade da Rede Física, e Delano de Oliveira Parente Sousa, representante da Construtora Maraci.

A decisão atinge valores encontrados em contas bancárias, veículos automotores e imóveis encontrados em nome dos requeridos, até o montante do prejuízo causado ao erário público por cada um.

por RAYANE TRAJANO
Fonte Blog Luis correia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espermatozoide voador engravida menina no interior de MG e deixa a cidade em pânico Primeiro caso de gravidez por um espermatozoide voador acontece no interior de Minas Gerais

Ex-presidiário é encontrado morto com tiro na cabeça em Piripiri Darlan tinha uma longa ficha criminal. Na lista, o assassinato do um filho de um PM

Samu é acionado para atender vítima de acidente e socorrista encontra o filho morto